Resenha : A voz do Arqueiro - Mia Sheridan - Editora Arqueiro

16 outubro 2015



Sabe aquele livro que te pega e você diz para si mesma: "PQP não quero parar de ler!! Que se dane todos os compromissos!!! kkkk"
Bem, prepare-se é isso que vai acontecer, a forma envolvente e misteriosa de escrever de Mia Sheridan é um deleite para os amantes de YA. Eu chego a sentir frio na barriga só de pensar. 









LANÇAMENTO: 05/08/2015 

TÍTULO ORIGINAL: ARCHER’S VOICE 

TRADUÇÃO: ANA RODRIGUES 
FORMATO: 16 X 23 CM 
NÚMERO DE PÁGINAS: 336 
PESO: 0.34 KG 
ACABAMENTO: BROCHURA 
ISBN: 9788580414448 
EAN: 9788580414448 


Sinopse
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.


Terapiando...


Temos um rapaz desafortunado,  ele é  Archer Hale, ainda criança presenciou a tragédia seguida de morte de entes queridos e que quase perdeu a vida a dele também. 
Sendo criado por um tio de sanidade mental duvidosa , Archer cresceu invisível aos olhos de uma pequena cidade que seguiu o curso da vida sem dar importância a um menino que notoriamente precisava de ajuda. 

Bree é a mocinha mais determinada que li nos ultimos tempos, decidida a recomeçar sua vida depois de passar por um situação trágica e que em consequência também levou seu trabalho que tanto amava. Resolveu pegar o carro sem destino até parar
na cidade de Pelion. Com uma casa na medida certa e uma vizinha fofa , ela logo conseguiu um emprego e se viu feliz com um recomeço melhor do que podia pensar. 

E quando esbarrou com aquele homem que gentilmente lhe ajudou ...
 De alguma forma desestabilizou todos os seus sentidos que não conseguiu para de falar um só minuto, e ele nem se quer lhe disse uma palavra. Agora ela tinha mais um motivo para ficar em Pelion tentar mostrar para o misterioso homem que não era uma louca kkkk 

Bem ... Aos poucos ela descobre sobre ele, e definitivamente quer saber mais. Mas diante das
informações, ela sabe que vai ter que dar o próximo passo.

 E é assim,um passo de cada vez que o relacionamento de amizade vai se construindo, Bree fica extasiada com a simplicidade e a inocência de um homem que não tem noção do quando é lindo , inteligente e especial,e fazer com ele se perceba isso
 se torna seu esporte preferido. Aos poucos a amizade se vê a beira da atração física e é impossível não suspirar com tamanha sinceridade de sentimentos que a autora Mia transcreve 
e descreve nas mais variadas situações a relação desses dois. 

É claro que não são tudo flores... Archer está descobrindo o mundo e suas inseguranças são enormes diante do amor que sente por Bree, ele se sente incapaz. E para completar pessoas da família
mais precisamente um " primo" e uma tia 
 que antes não queriam saber de sua existência e faziam questão de ignora-lo,por alguma razão resolverem se importar e isso tudo por causa de um segredo que pode transformar a vida de todos.

O livro é viciante e o final é de tirar o fôlego, eu chorei e fiquei nervosa D+,Mia testa nossa sanidade !!! kkkk Masss vale muito !!!!



"Coisas ruins não acontecem com as pessoas porque elas merecem. Não é assim que funciona. É só... a vida. E não importa quem somos, temos que lidar com a sorte que nos cabe, por mais terrível que ela possa ser, e tentar fazer o melhor para seguir em frente de qualquer modo, amar de qualquer modo, ter esperança de qualquer modo... ter fé de que há um propósito para a nossa jornada. Segurei as mãos dele por um instante, então soltei-as para que pudesse continuar. E tentar acreditar que talvez mais luz brilha por trás daqueles que têm as maiores rachaduras." 




A editora Arqueiro divulgou o título do próximo livro da série Signos do Amor : "O Coração do Leão", o lançamento é em Novembro/2015 . 








© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por