RESENHA: Paixão ao Entardecer - Os Hathaways 5 - Lisa Kleypas - Editora Arqueiro

21 maio 2015

Eu fiquei enrolando para ler o ultimo livro da Lisa, eu amo demais a família Hathaways e devo ter viciado ao menos meia duzia de amigas kkkk E como eu odeio despedidas enrolei em quanto pude, meu coração está apertadinho...  :'(








  • Título Original Love in the Afternoon
  • Tradução Ana Rodrigues
  • Páginas 272
  • Formato 16 x 23 cm
  • Peso 280 g
  • Acabamento brochura
  • Lançamento 16/01/2015




  • Sinopse

    Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.






    Terapiando ....






    Ao imaginar que esta era a ultima vez que eu estaria rindo, chorando, suspirando  com essa família amorosa e à tipica para os padrões da época fiquei enlouquecida.
     Só Lisa Kleypas é capaz de fazer personagens tão adversos ficarem  juntos brigando por uma paixão e um amor impossível , só ela  para nos fazer ver esperança na guerra e só Lisa Kleypas para nos arrebatar completamente com alma e coração. 

    Tinha muito medo de um livro sobre Beatrix , uma menina-mulher a frente do seu tempo,coisa não tão difícil se tratando das mulheres dessa família, mas  ela tem um quê a mais uma inteligência, uma perspicácia ao analisar as pessoas que ela guarda para ela e isso facilita e  dificulta um pouco sua vida e claro sua completa independência nada apropriada para o século em questão o XIX. KKKK





    Devido aos fatos ...

    É  com essa perspicácia que ela vê o quanto o pretendente de sua amiga Capitão Phelan merece uma resposta pela sua carta tão aflita e desesperançosa. Beatrix sabe que Prudence não irá responder e assim com a autorização de sua amiga responde em seu nome. E o que se tornaria uma única carta, acaba se tornando um elo de comunicação entre Bea e Phelan , a paixão crescente em cada linha escrita nas carta de um para outro nos faz sentir borboletas no estômago. Ai ai  ...




     E Posso dizer que está é a primeira das três grandes transformações que Phelan sofre a primeira certamente é ter deixado de ser o bom vivam e ter ido para Guerra seus relatos e histórias sobre a guerra, as trincheiras e as mortes
    são emocionantes e mostra a transformação que o homem sofre a presenciar tais coisas. A segunda são as cartas, poder dividir com alguém tudo o que está vivendo e principalmente seu medo é algo que faz Phelan encontrar o lado bom de tudo que está vivendo e assim ter esperança e a terceira a descoberta ..... rsrsrs 

     

    É claro que o resultado dessa troca de identidade não ia dar certo, diante de tantas revelações e declarações através das cartas , o retorno de Phelan é a maior alegria e o pior pesadelo para Beatrix, afinal seu grande amor está apaixonado pela imagem de outra mulher, quando na verdade a alma , a essência e o amor é todo dela. 



    Affff dor no coração...



    O encontro desses dois pós-guerra é tão intenso,tão real  que podemos jurar ao ler as páginas que é o mais perfeito encontro de almas e eles só ainda não sabem, existe um fio, um elo de ligação que os atraem e é lindo de ler e de ver com a nossa imaginação. 

    Phelan se transformou em um herói de guerra colocando-o ainda mais diante da elite da sociedade, tudo do qual Beatrix quer distância e isso evidência ainda mais a diferença do qual o mundo que eles vivem ou irão viver. Mas o elo está lá é inevitável e por mais que o segredo tenha sido muito bem guardado as palavras, a forma preferida de beber o chá, uma citação de um livro são o suficiente para que a verdade venha aos poucos. 



        
     
                    


                 






    A negação de Phelan é irritante , mas aos poucos ver sua rendição seu encantamento,seu reapaixonar-se e dessa vez com a imagem que ele inegavelmente ama, a imagem de Beatrix. Ahhh gente é lindo é de derreter o coração mais cético do universo. rsrsrs Essa é a terceira e irrevogável mudança de Phelan ele não só se apaixona por Beatrix, mas por tudo que a cerca, toda sua excentricidade e é claro pela sua família enorme, barulhenta e extremamente amorosa. 



    Ahhh vale ressaltar que temos um pouco de todos da família Hathaways ,
     uma conversa, uma relato de como estão, onde estão e é claro o encontro de todos. Conversas animadas e espirituosas como sempre marcam estes encontros.

    O livro é essa montanha russa de emoções e nos faz transborda de felicidade , mesmo sabendo que se trata de uma despedida. Lisa Kleypas fecha essa série com chave de ouro cravejada de brilhantes!!! 
    Muito DIVA ...... 





    Leiam as outras resenha:










    Então é isso acho que não preciso dizer o quanto eu recomendo não só estes mas todos os livros desta série. 
    Bjks 








    © LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por