Resenha: Os Segredos de Colin Bridgerton #4

19 janeiro 2015







  • Título Original Romancing Mister Bridgerton
  • Tradução Cláuda Guimarães
  • Páginas 336
  • Formato 16 x 23 cm
  • Peso 390 g
  • Acabamento brochura
  • Lançamento 05/08/2014
  • ISBN 9788580413076





  • “Escritores como Julia Quinn estão reinventando os livros românticos para a geração pós-feminista” – Time Magazine 

    Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. 

    Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. 

    Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. 

    Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. 





           

    Terapiando...                                                                                                           


    Esse é o quarto livro dessa família maravilhosa e desde a ultima resenha eu deveria ter falado da maravilhosa matriarca desta família, Violet ,  ela no livro de Benedict, Um Perfeito Cavalheiro foi fantástica , uma verdadeira leoa e aqui neste livro ela se mostra com uma perspicácia incrível coisa que só mãe pode ser e ver... ;) 


    Esse livro é super esperado afinal estamos falando do queridinho da sociedade londrina Colin Bridgerton, ele está com 33 anos, vive viajando e quando chega em Londres é um burburinho só. E é justo neste momento que nos encontramos.
    Colin acaba de chegar em Londres e embora não revele, pretende ficar por um tempo mais longo e sendo assim vai participar da temporada de bailes para a alegria das mães casamenteiras, mas há alguém que embora já esteja conformada que só terá a amizade de Colin ela espera o pior... o dia que vai ver seu coração partido em vários pedaços ao ver seu amor desde a infância noivo de uma dama aceitável para alguém popular como ele.

    Penelope Featherington é vista como um patinho feio e sempre foi a protegida da família Bridgerton já que é melhor amiga de Eloise, anos de amizade unidos de um amor platônico fazem de Penelope alguem intrigante e a autora nos surpreende ao nos fazer superestimar essa mulher de 28 anos assim como a sociedade londrina faz.  

    O reencontro de Penelope e Colin é surpreendente para os dois, a conversa fácil, a sinceridade latente regada com ironias e provocações. O clima é mais que envolvente e Colin se vê precisando e querendo a presença de sua amiga , se vê reparando enquanto ela mudou e se tornou uma mulher linda e se pergunta como nenhum homem foi capaz de ver o quanto ela é beijável... rsrsrs 

    Só que esta, é só mais uma das perguntas que estam na cabeça de Colin, os questionamentos sobre os sentimentos de amor, paixão e em como ele será capaz de entender tudo o que está acontecendo entre ele e Penelope e tem algo a mais seus quetionamento consigo mesmo, Colin que fazer algo com sua vida ,em palavras atuais e clara eles quer ser útil ter uma função, um objetivo na vida.

    Para completar temos a revelação de um segredo bemmmmmm esperado nessa série !!! Diante disso outras questões que envolve ética, padrões e julgamentos perante a sociedade fazem nós leitores ainda mais questionadores e ansiosos para as soluções que os personagens vão encontrar, 

    Posso dizer que este é o livro menos avassalador até agora, e isso não é ruim embora eu gritasse toda hora dizendo para eles que não importava a sociedade e sim o amor kkkk (Julia Quinn me deixou mal acostumada) mas mesmo assim eu entendia que tudo que envolvia a cautela e a razão de tudo e no contexto de uma certa forma o amor que cresce a cada página é mais maduro, sensato e de uma profundidade que nos faz sim suspirar!!!







                    


      


    © LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por