Resenha: Um Herói Para Ela

31 agosto 2014



Título: Um Herói Para Ela
Autora: Lu Piras
Editora: Novas Páginas
Páginas: 336
Ano: 2014
Edição: 1
Gênero: Ficção
ISBN: 978-85-8163-433-3


Sinopse

Bianca sempre quis ser roteirista de cinema. Para realizar seu sonho, ela sai do Brasil para estudar na famosa New York Film Academy. Em meio às emoções da nova vida na Big Apple, um rapaz misterioso
acaba salvando a vida de Bianca em duas situações diferentes. Tudo o que ela sabe é que o seu herói tem no braço uma misteriosa tatuagem.

Sem pistas sobre o seu protetor, ela é convidada para um show da banda The Masquerades, cujos componentes escondem os rostos atrás de máscaras.

Uma rosa branca cai sobre o seu colo, arremessada pelo vocalista.

Decidida a desvendar a identidade do mascarado, Bianca invade o camarim da banda. A surpresa que a aguarda por trás daquela porta poderá mudar o
seu destino.
Uma história cheia de humor e romance, que fala da importância de acreditar nos nossos sonhos e de persegui-los.


Resenha

Dividido em trinta e dois capítulos -- cada um mais fofo do que o outro -- mais o final e o anexo, "Um herói para ela" é o exemplo de livro que sem esforço algum, prende, surpreende e atazana (num bom sentido) o coração de um verdadeiro leitor ou qualquer outro ser que não dispensa por nada neste mundo um bom clássico literário merecedor da Broadway, sonhos sonhados com maestria, os prazeres do cinema, a música em sua melhor forma e o mundo como ponto de partida.

Em seu mais recente trabalho, Lu Piras  une notoriamente elementos que tornam a leitura obrigatória e tão "gostosa" que, o mínimo que pode acontecer é você precisar de pelo menos, algumas horas para lidar e voltar a si após deparar-se com as costas da terceira lauda do livro. E bem, o máximo... digamos apenas que Bianca e o Senhor Mistério vão te deixar a ponto de acionar o 192.

A narrativa mantém um ritmo constante, sem oscilações, o que faz com que a história seja contada plenamente, sem abrir espaços para possíveis desistências ou qualquer outra coisa que possa comprometer o andamento da leitura. Além disso, o trabalho de edição e diagramação da obra tem o poder de envolver e chamar a atenção do leitor sem que o mesmo tenha, sequer, cogitado virar a primeira página. Tudo isso sem mencionar a vontade louca, a qual você está destinado (a), de largar tudo e sair correndo ou, voando (essa é uma escolha personalíssima) para New York city, baby!

A riqueza de detalhes com os quais a autora descreve cada pedacinho da Big Apple, o jeito como movimenta a vida dos personagens e o modo como utiliza um dos idiomas mais românticos e encantadores do mundo, faz com que seja inevitável e impossível não amar cada minuto dessa história, cada cena desse roteiro produzido e protagonizado pela brasileiríssima, Bianca Villaverde e por seu príncipe encantado/anti-herói.

Como leitora assídua, esclareço que tudo o que foi escrito acima, de fato aconteceu comigo. E o mais divertido de tudo foi que eu não consegui parar de ler o trecho da obra de Gaston Leroux que a autora escolheu para dar início ao livro. 

"Um herói para ela" nos reafirma a importância do amor e dos sonhos compartilhados. Da ousadia para viver o novo e da coragem para acreditar que "o para sempre é o agora". 

Lu Piras é uma escritora brasileira, residente no Rio de Janeiro. Ela já teve três de seus romances publicados: Equinócio - A Primavera, Polaris - O Norte e A Última Nota, este último, em coautoria com Felipe Colbert.

#Leiam!





© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por