Terapia no Cinema : A mulher de preto

28 maio 2014


Título: A Mulher de Preto
Ano: 2012
Direção: James Watkins 
Elenco: Daniel Radcliff, Ciarán Hinds, Janet McTeer
Sinopse: Arthur Kipps (Daniel Radcliffe) foi enviado por seu escritório para regularizar os documentos de uma mansão abandonada, próximo a um vilarejo, cujas crianças morrem misteriosamente de tempos em tempos, sem que ele soubesse de nada disso. Quando começa a ter uma série de visões sinistras durante a execução de suas tarefas, inclusive uma de uma mulher vestida de preto, ele descobre que existe algo relacionado ao passado daquele local e decide investigar, provocando a ira dos moradores e a morte de mais vítimas. Agora, só o tempo para dizer se o seu instinto paternal irá ajudar a resolver esse perigoso e grande mistério.
Geralmente eu não gosto de filmes de terro, muito menos aqueles que são de espíritos e fantasmas, mas tem certas épocas de 5 em 5 anos que me da uma vontade louca de ver um filme assim... Foi nesse clima que procurei A Mulher de Preto e tenho que admitir, não me decepcionei nem um pouco!

A partir de um certo momento no filme a tensão se instaura e você passa um bom pedaço do filme com o coração acelerado sem saber se realmente quer ver o que vai acontecer. As cenas de susto são muito previsíveis, você sabe que alguma coisa vai acontecer, um vulto vai passar pela tela ou algum barulho sinistro vai vir de um lugar onde não tem ninguém, o problema é que mesmo já sabendo que algo vai acontecer eu não consegui não me assustar!
Daniel Radicliff atuou muito bem nesse filme, achei a fotografia e o cenário interno da mansão onde se passa a trama muito bons. A construção da lenda local foi o único ponto que eu achei que o filme não foi bem... Achei que isso poderia ter sido melhor aproveitado.

No geral A Mulher de Preto me agradou bastante, um ótimo filme de terror que eu recomendo para aqueles que gostam do gênero!

por Debby Andrade
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por