Coluna Raffa : As sombras de Longbourn da @cialetras

27 maio 2014

Título Original : Longbourn
Título no Brasil : As sombras de Longbourn
Autora : Jo Baker
Editora : Companhia das Letras
Número de págs : 450


Um de meus livros favoritos é Orgulho e Preconceito , a obra-prima de Jane Austen. Quando vi que a Companhia das Letras havia lançado o já falado livro " As sombras de Longbourn" me interessei em lê-lo. Para quem é fã da história de Austen sabe que Longbourn era o nome da casa onde vivia a família Bennet. Como mais famosa delas Elisabeth Bennet é a sortuda que vai conhecer e ter uma linda história de amor com Mr. Darcy! O romance que emociona gerações tem motivos de sobra para continuar encantando, é sempre atual falar da busca pelo amor verdadeiro. 
No entanto considero o livro de Jo Baker uma fan fic, ela pega os personagens que aparecem em segundo plano da história de Austen, mais precisamente os empregados da casa e inventa histórias de como eles chegaram para trabalhar no local e de como se sentiam atendendo a família. 

Sra. Hill é a governanta da casa, cuida para que tudo saia como o planejado e comanda como uma general tudo que as demais empregadas fazem. Estas são Polly e Sarah, duas órfãs que foram abrigadas para trabalhar na casa mas que tem sonhos maiores do que ficar limpando o urinol das meninas da família e costurando as roupas para que elas conheçam seus futuros maridos. As mãos delas chegam a doer, e em uma conversa uma delas fala que aposta que se elas soubessem como é complicado limpar a barra dos vestidos não sujariam tanto, soa atual, soa verdadeiro e essa é a graça do livro.

Enquanto vivem o mundo da família Bennet, sonham acordadas com o dia em que suas vidas sairão daquele local. 
O que vai animar essa história é a chegada de um homem jovem, Smith vai ser o que faltava para Sarah se sentir viva um pouco. Fora do espaço da casa elas vão descobrir que a vida não é nada fácil, ainda mais para quem como elas não tem posse, mas que cada uma encontra a sua maneira a felicidade, e é isso que faz desse livro uma leitura agradável mas confesso que tem que ser muito fã da obra de Austen para gostar, acredito que quem nunca leu se sinta perdida.
Também achei muito longo, para uma história baseada na história de Austen, o livro poderia ter metade da história encurtada.
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por