Coluna Raffa : Tudo é eventual da @edobjetiva

11 fevereiro 2014


Título original : Everything is eventual 
Título no Brasil  : Tudo é eventual 
Autor : Stephen King
Editora : Objetiva
Número de págs : 305


Volta e meia me pergunto como alguém pode ter tanta imaginação como King, a cada livro lido fico ainda mais fã - se é que isso é possível - desse mestre que faz valer o título!
No caso desse livro, são 14 contos nos quais King no início ou no final de cada um fala o que o levou a escrevê-los, para nós fãs fica a resposta para a dúvida eterna de da onde mesmo ele tira tanta imaginação para criar histórias tão boas. O bacana também é que a introdução do livro é com o autor falando sobre o como ama escrever e citando como publicou seu primeiro conto digital, que está essa coletânea. O autor que ficou milionário desdenha a grana que já ganhou com as histórias e mostra ao leitor que o que importa para ele mesmo é que uma quantidade maior de pessoas tenham acesso e gostem de suas obras. Nem precisa se preocupar com esse talento todo.
Dos contos do livro alguns me chamaram mais atenção, já conhecia por causa de um especial de tv o conto " A sala de autópsia", onde um homem que foi picado por uma cobra quase é dado como morto e lhe feito uma autópsia por estar totalmente imóvel, lendo a história claro que me veio a mente as imagens que já assisti, mas alguns detalhes fizeram a diferença e me levaram a gostar ainda mais dela.
Também gostaria de citar " O homem de terno preto" onde King volta a infância do personagem que tem um encontro inusitado com o diabo, ou com algum amigo do capiroto . Para enganar o menino que vai por um caminho que seu pai recomendou não ir, o tal homem mente sobre algo que vai fazer o menino ficar impressionado e ainda fazê-lo lembrar do irmão que morreu. Com um final perfeito, o conto é sensacional.
A maestria de King também aparece em " A teoria de L.T sobre animais de estimação" , onde uma visão única do autor é dada a história e como animais podem trazer tanto coisas boas a um casal como ruins. 
Um de meus filmes preferidos também aparece, " 1408" que é uma perfeição na telona também o é no original, na história do autor sobre um escritor que quer dormir em 10 locais mal assombrados para escrever um livro. Quem viu o filme já sabe o que o espera, mas mesmo assim vale a lida porque sinceramente ainda não descobri como parar de ler algo do autor depois que começo, já que as histórias nos prendem e seus personagens sempre despertam algo mais no leitor, e quem conhece bem King sabe que eles podem se transformar ou se revelarem a qualquer momento.
E o tal conto " Andando na bala" que ele cita tanto na introdução do livro merece mesmo ter feito tanto sucesso, a história conta que um rapaz sai da Universidade para visitar a mãe que sofreu um derrame, de carona em carona ele vai viver algo que não sabe até onde é verdade e onde ele está imaginando. E o melhor...será mesmo que seus companheiros de estrada ainda estão vivos? E sua mãe? O que será que aconteceu com ela? 
Sensacional é pouco para esse livro, mais uma obra-prima do mestre do terror.
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por