Coluna Raffa : Um amor submisso da @Suma_BR

10 dezembro 2013

Título original: No ordinary love story
Título no Brasil: Um amor submisso
Autora : Sophie Morgan
Editora : Fontanar
Número de págs : 239

Pode uma continuação ser melhor que o primeiro livro? Nesse caso, pode e foi. O primeiro livro a protagonista - na verdade de acordo com ela a história verídica dela mesma! - Sophie Morgan me parece uma louca submissa em busca de muitos doidos que queiram ser os chefões dela na cama, em livros assim conhecemos termos que nem ousávamos saber o que eram e muito menos imaginar que alguém literalmente se submetesse a coisas que julgamos serem humilhantes e não prazerosas, de início me espantei, hoje aceito que entre quatro paredes vale tudo, tudo bem que não para mim, mas se tem casal que goste, quem sou eu para julgar?
No segundo livro Sophie está mal porque James terminou com ela, então sua amiga e também fã dos joguinhos de sexo, Charlotte, providencia um encontro as escuras onde leva um carinha chamado Adam que acabou de terminar um relacionamento e que também curte os mesmos joguinhos sexuais.
Sophie não vai gostar nada desse encontro e vai sair de lá p da vida, mas com o tempo , os dois vão se conhecendo, se acertando e vendo que a Charlotte na verdade foi um cupido e tanto.
Os dois começam dizendo que não querem compromisso e que só querem fazer o tal jogo dela submissa e ele mandão ( tipo "tudo que seu mestre mandar, faremos todos, no caso, ela fará tudo!"). Encantada com o jeito que Adam a manda e desmanda e ele louco por ela, os dois s entendem perfeitamente e começam a ficar viciados um no outro.
Para quem nunca leu livros do gênero, pode se assustar com o que ele faz com ela, sentir nojinho e virar a página. 
Não que para mim isso tudo seja normal, mas é um livro,e por mais que seja vida real, me imagino como lendo livros de terror , nem tudo que está escrito acho bacana se fosse na vida real, mas no livro tem sim sua graça.
O bacana dessa continuação é que Sophie e Adam logo veem que só o sexo não os completa, que querem sim serem namorados, levarem uma vida de casal com direito a almoços com as devidas famílias, filminhos e pipoca e tudo que um casal tem direito , até planos para uma vida de casados.
A única diferença é que gostam de coisas digamos assim, não muito convencionais.
E o bacana, Adam não é podre de rico, não paga as contas de Sophie, ele é um cara normal, que gosta de sexo como ela gosta e que quer nossa protagonista intensamente. 
Gostei muito do livro, esqueça os preconceitos e se jogue na leitura porque além de sexo esse livro tem uma pitada muito bacana de romance! E isso não tem quem não goste! Muito melhor que o primeiro!
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por