Coluna Raffa : Laços de Sangue @editorasequinte

12 novembro 2013

 Título Original : Bloodlines
  Título no Brasil : Laços de Sangue
  Volume 1 - série Bloodlines
Autora : Richelle Mead
Editora : Seguinte
Número de págs : 430

Sei que vai ter muita gente impressionada, mas eu nunca tinha lido nada de Richelle Mead. A Fernanda Figueiredo havia me dado os 2 primeiros volumes da outra série da autora em meu niver de 2011 e até hoje não os li mesmo já tendo comprado todos os outros!
Na blogosfera a paixão por Richelle e seus personagens sempre foi intensa, qualquer livro lançado ou opinião sobre os vampiros criados pela autora é motivo de nervos a flor da pele.
Por esse motivo e por tamanha expectativa em cima de uma autora que é unanimidade , respirei fundo quando me dei a missão de ler o primeiro livro dela, o escolhido foi " Laços de Sangue" lançado esse ano pela nossa querida parceria Editora Seguinte.
Alguns termos já me eram comuns, mas mesmo assim pesquisei na internet para saber mais, e eu sou um exemplo de que não é obrigatório ler todos os livros da série VA para entendermos Laços de Sangue.
Ao conhecer Sydney Sage me deixei levar por exatas 430 páginas em pouco mais de um dia, não conseguindo parar sem que chegasse até a última e fechasse o livro. Nossa protagonista tem uma profissão - digamos assim - um pouco estranha. Ela é uma Alquimista até então isso era título de livro do Paulo Coelho na minha vida. , e tem como obrigação proteger os humanos de criaturas como vampiros e outros seres de outro mundo. Logo no início já vemos o como ela ama a irmã, pois não quer que a caçula Zoe seja como ela, o problema é que quase não a aceitam para a próxima missão já que anteriormente ela falhou protegendo uma vampira de nome Rose, o que é inaceitável para um Alquimista.
Após convencer inclusive a seu pai que defendeu Rose porque tinha certeza de sua inocência, ela consegue ir para o desafio no qual Zoe seria tatuada - sim, elas recebem uma tatuagem pelo que entendi e depois disso não tem como voltar atrás, o que Sydney respira aliviada quando pelo menos por enquanto poupa sua irmã de uma vida igual a sua - e que consistia em proteger uma vampira de nome Jill que é princesa. O interesse dos alquimistas em protegê-la é somente evitar uma guerra no mundo vampiresco que obviamente terá consequências no mundo dos humanos.
Junto com Jill temos Eddie que é seu fiel escudeiro, os dois e Sydney fingirão serem irmãos na tal escola onde são matriculados.
Claro que como um bom livro do gênero não falta o fator romance, Sydney vai se encantar por um...vampiro porque a vida não está fácil para ninguém!  lindo de morrer chamado Adrian.  Lógico que ela ficará sem reação, claro que ela vai esquecer o que está fazendo naquela missão e focar no gato sugador de sangue quem nunca?
Como se não bastasse Sydney ainda tem que lidar com a mimada Jill que mesmo sendo mais bacana do que ela imaginava está odiando ter que se esconder na nova escola e só sonha em voltar para São Vladimir e não ter que ficar mais escondendo seus poderes de tudo e todos.
Alguns termos como Moroi, Dampiros e Strogoi tive que pesquisar na internet e pude ler o livro muito mais feliz , deixando de me sentir um Alien nas inúmeras vezes que esses nomes são citados!
Resumindo, o livro é contagiante, eu achei que não ia mais me interessar por nenhuma história de vampiros mas como não me encantar com Adrian? E ainda tem um outro que eu sei que muita gente ama Dmitri  que já começo a me empolgar ainda mais com a continuação!
É, Richelle, ganhou mais uma fã <3!

Glossário Richelle Mead:

MOROI - São os vanpiros do mundo da autora, eles chupam o sangue de humanos e dampiros, diferentes dos outros vampiros esses somente fogem da luz mas não de alhos ou água benta. E muito menos se transformam em morcegos ou brilham .

DAMPIROS - São metade humanos, metade vampiros. Eles protegem os Morois porque precisam se defender os Strigois. 

STRIGOIS - Eles não nascem assim, eles são feitos. Por outros strigois que podem pegar um Moroi, um dampiro ou até mesmo humanos e transformar ele nessa aberração. Eles são mais difíceis de matar e amam o sangue dos Morois que é os que lhes deixa mais fortes.


Essa resenha hoje não é por acaso, hoje, dia 12 de novembro, há exatos 38 anos atrás nascia essa autora querida de todos nós.
 Fica aqui o imenso PARABÉNS de toda equipe LMT para a autora que já fez muitas de nós sonharmos com vampiros e roermos unhas por um próximo livro escrito por ela!
HAPPY B-DAY ruiva :) 

 
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por