Coluna Raffa : Rin Tin Tin da @EdValentina

15 outubro 2013

Título Original: Rin Tin Tin - the life and the legend
Título no Brasil : Rin Tin Tin - a vida e a lenda
Autora: Susan Orlean
Editora : Valentina
Número de págs: 294






 Nunca pensei que gostaria tanto de um livro sobre um cão! Está certo que amo biografias mas gosto de cães sem amar, não me entendam mal, acho os fofos, mas nunca os tive. Não sou mega protetora de animais e nem morro de vontade de ver filmes que tem animais. Então porque ler esse livro?
Primeiro porque foi uma maravilhosa surpresa saber da história dele. Não é do meu tempo, certamente também não é do seu que está lendo essa resenha mas o nome do cão sempre foi famoso. Ouvia meus pais falando, via o em fotos antigas mas nunca parei para ver nenhum episódio do seriado.
Quando soube que o livro contava muito do mundo cinematográfico, me interessei em lê-lo! E para minha felicidade, o livro é tão bom que o li em menos de 24 h! Sabem aquele livro que você não consegue parar de ler?
A história do pastor alemão que chegou ao estrelato mas que depois caiu no ostracismo lembra as biografias de muitos astros de Hollywood que sofreram com o anonimato. No caso de Rin Tin Tin quem sofreu foi seu pai, ou melhor seu dono, o americano Lee.
Nascido na França o cão veio imigrando para os EUA após a primeira guerra mundial junto com sua irmã canina Nanette, e foi parar na casa da família de Lee, sua irmão morreu de pneumonia onde foi acolhido e onde aos poucos começou a chamar a atenção de todos já que ele sabia muitos truques e pulava bem alto. Dali para tv com sua obediência foi um pulo, afinal os produtores estavam cansados de cão estrelas. Rin Tin Tin dava até autógrafos, ou melhor seu dono Lee que o empresariava, ele fazia propagandas de ração e era patrocinada por ela, ele era um símbolo para todas as crianças.
Chegou a ganhar estrela na calçada da fama!
Seu dono o tratava como a um filho e tinha muito orgulho de tudo que ele fazia!
No entanto o livro mostra que os filmes de Rin Tin Tin foram ficando no esquecimento, até porque cães da raça dele ficaram sendo mal vistos já que eram usados pela polícia para ataque. Alguns países até proibiram a venda da raça.
O cão famoso teve 4 filhos que também acabaram no showbizz. E fazendo papel do pai muitas vezes, já que o cão original morreu em 1932! Fiquei pensando que se Rin Tin Tin fosse um ser humano ele com certeza teria caído no mundo das drogas, porque a trajetória de ascensão e queda dele parece com a de muitos atores !
O livro é lindo, tenho certeza que muitos vão se emocionar com essa história!
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por