Resenha Especial : Axolotle Atropelado @intrinseca ( Promo Comentarista)

20 agosto 2013


 Título Original : Axolotl Roadkill
Título no Brasil: Axolotle Atropelado
Autora : Helena Hegemann
Editora : Intrínseca
Número de págs: 206







Eu tinha muita vontade de ler esse livro, já tinha visto em uma Bienal no estande da editora mas acabei não comprando. Ao pegá-lo para ler em um domingo terminei no mesmo dia!
O que o livro tem de bom? Bom, para começar ele me lembrou muito que li  e reli desde meus 13 anos e que tenho um imenso carinho pela obra : " Christiane F.". Famoso porque foi um dos primeiros livro que tratou o tema sobre drogas abertamente, pela menina ser muito nova, acredito que o fato de ter me chocado e eu saber que era real fez dele um de meus livros preferidos.
"Axolotle Atropelado" é muito bom e segue a mesma linha. Apesar de não ser auto biográfico, a autora também é alemã, e sua personagem de nome complicado Mifti, mora em Berlim.
Porque então gostar de um livro tão forte onde sabemos que a personagem se auto destrói? Explico o meu ponto de vista, porque é a realidade, porque está aí para quem quiser ver, porque pode sim acontecer com sua melhor amiga, com sua filha, com a prima ou com a vizinha.
Para mim desde cedo livros que relatam o universo com drogas me fizeram ter muito horror delas e fugir como o diabo foge da cruz.
Mifti é digna de pena, mas nem ela vê isso, aos 16 anos ela falta aula todos os dias, tem irmãos que não estão nem aí para ela e se sente completamente perdida após a morte de sua mãe.
Na verdade o que vemos é que o mundo dela literalmente desaba e ao invés de ter sua adolescência sadia ela faz tudo que não é certo : se droga o tempo todo, bebe demais, faz sexo oral em qualquer um que peça e tem um relacionamento homossexual com uma mulher que tem o dobro de sua idade.
Sim, o livro é forte, intenso e por isso achei maravilhoso!
Fugindo dos finais felizes, a autora mantém os diálogos da personagem principal com seus demônios até o fim, mesmo que saiba que faz tudo que não deveria, Mifti prossegue com sua vida desregrada, onde vemos que a falta de uma base sólida a família faz toda a diferença.
Mifti é nossa Christiane F, versão anos 2000.

P.s - se vocês ficaram curiosos com o título, a gente explica. Axolotle é uma espécie de Salamandra que mede em média de 15 a 45 cm. No livro ela " adota" um que é esse bichinho fofo aí debaixo e que está na capa do livro em rosa bem forte ;)



O livro está em nossa promo Comentarista da semana :) Participem
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por