TERAPIA NO CINEMA : FORREST GUMP com DEBBY ANDRADE

04 junho 2013

Título: Forrest Gump -O Contador de Histórias

Título Original: Forrest Gump
Ano: 1994
Direção: Robert Zemeckis

Roteiro: Eric Roth
Elenco: Tom Hanks, Sally Field
Duração: 142 min.
Gênero: Comédia dramática, romance.
Distribuidora: PARAMOUNT PICTURES

Sinopse: Quarenta anos da história dos Estados Unidos, vistos pelos olhos de Forrest Gump (Tom Hanks), um rapaz com QI abaixo da média e boas intenções. Por obra do acaso, ele consegue participar de momentos cruciais, como a Guerra do Vietnã e Watergate, mas continua pensando no seu amor de infância, Jenny Curran.


Em semana de provas o que eu mais gosto é de ver filmes/séries que me façam feliz, um deles é até o meu filme favorito e que eu trago pra vocês hoje: Forrest Gump, o contador de histórias. Eu amo esse filme porque ele é uma das minhas lembranças de infância favoritas, vi com meu pai e desde então me apaixonei pelo filme!
Por que amo tanto ele? Bem, é um dos poucos filmes que vi com meu pai (temos gostos de filmes totalmente diferentes, mas em alguns casos temos compatibilidade). Não só por isso, quando eu era pequena fiquei impressionada com os efeitos digitais dele, não entendia naquela época como Forrest podia estar no mesmo programa de tv que John Lennon se este já havia morrido (inocência de criança)!


Outra coisa que eu adoro é a trama do filme, acho que a estória de Forrest é linda! Ele é tão ingênuo quanto uma criança de 5 anos, ganha montes de dinheiro mas nem liga pra isso porque pra ele o dinheiro não possui um valor especial, e além disso tenta sempre fazer o que é certo porque é certo. Pra ele não importa o que custar, uma promessa feita tem que ser cumprida. Acho-o um personagem cativante que de um jeito cômico te ensina, ou te lembra, que se deve fazer a coisa certa. Além disso, a estória de amor entre ele e Jannny é a coisa mais fofa do mundo! Ela toda traumatizada com o seu passado e ele aceitando as idas e vindas dela e o jeito como ela é.
No filme, além de Forrest, vale a pena chamar a atenção para dois personagens: Tenente Dan e Bubba. Adoro esses dois, principalmente o Bubba, quando eles se conhecem no exército é a minha parte favorita da estória! Ótimas atuações de Gary Sinise (Tenente Dan) e Mykelti Williamson (Benjamin Bufford-Blue ou simplesmente Bubba), Ton Hanks também não deixa a desejar nesse departamento, consegue interpretar alguém com o QI na medida certa! Vale chamar a atenção também para o papel de Sally Field

(adoro ela) como a mãe de Forrest que diz a frase mais linda do filme inteiro: “A vida é como uma caixinha de bombons, você nunca sabe o que vai encontrar dentro.”.
Outro contexto interessante do filme é o entrelaçamento da estória pessoal de Forrest com 40 anos de história americana, isso eu acho que foi muito bem encaixado no filme. Vemos o desenrolar da vida de Forrest com eventos como a Guerra do Vietnã e a criação do Smile (aquela carinha sorridente amarela tão famosa!). A simplicidade e inocência de Forrets me cativaram desde a primeira vez que vi o filme, nele você consegue rir e chorar ao mesmo tempo além de ficar tocado com essa estória maravilhosa. É graças a ele que hoje em dia sempre tento fazer a coisa certa, super-recomendo Forrest Gump O Contador de História para todas as idades! Garanto que vocês vão se sentir tocados com o filme!

Curiosidades:
Este é o 1º de 2 filmes em que o diretor Robert Zemeckis e o ator Tom Hanks trabalharam juntos. O posterior foiNáufrago (2000).

Este é o 1º de 3 filmes em que o diretor 
Robert Zemeckis e a atriz Robin Wright trabalharam juntos. Os demais foram A Lenda de Beowulf (2007) e Os Fantasmas de Scrooge (2009).
O filme estreou no Brasil em agosto de 1994 e permaneceu em cartaz até meados de abril do ano seguinte.

TOM HANKS RECEBENDO O OSCAR PELO FILME
ROBERT ZEMECKIS - DIRETOR COM O OSCAR
OSCAR
1995
Ganhou
Melhor Filme
Melhor Diretor - 
Robert Zemeckis
Melhor Ator - 
Tom Hanks

Melhor Roteiro Adaptado
Melhores Efeitos Especiais
Melhor Montagem


Indicações
Melhor Ator Coadjuvante - 
Gary Sinise
Melhor Fotografia
Melhores Efeitos Sonoros
Melhor Trilha Sonora
Melhor Maquiagem

Melhor Direção de Arte 
Melhor Som


GLOBO DE OURO
1995
Ganhou
Melhor Filme em Drama
Melhor Diretor - 
Robert Zemeckis
Melhor Ator - Drama - 
Tom Hanks

Indicações
Melhor Trilha Sonora
Melhor Ator Coadjuvante - 
Gary Sinise
Melhor Atriz Coadjuvante - 
Robin Wright

Melhor Roteiro
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por