TERAPIA NO CINEMA:OS CROODS - com Debby Andrade

01 maio 2013



Título no Brasil: Os Croods

Título original: The Croods

Ano: 2013

Direção e Roteiro: Chris Sanders e Kirk DeMicco

Elenco: Nicholas Cage, Emma Stone, Ryan Reynolds, Catherine Keener, Clark Duke, Cloris Leachman, Chris Sanders.

Duração: 1h38min

Gênero: Animação, Aventura e Comédia

Distribuidora: Fox Films



Sinopse: Em plena era pré-histórica, escondidos na maior parte do tempo dentro de uma caverna, vivem Grug (Nicolas Cage / Hércules Franco), a esposa Ugga (Catherine Keener / Bárbara Monteiro), a vovó (Cloris Leachman / Mariângela Cantú), o garoto Thunk (Clark Duke / Fred Mascarenhas), a pequena e feroz Sandy (Randy Thom / Pâmela Rodrigues) e a jovem Eep (Emma Stone / Luísa Palomanes). Eles são os Croods, uma família liderada por um pai que morre de medo do mundo exterior. Só que grandes transformações estão para acontecer, pois a adolescente Eep acaba conhecendo o também jovem Guy (Ryan Reynolds / Raphael Rossatto) e ele vai apresentar um incrível mundo novo, para o desespero do paizão protetor. Agora, juntos, eles vão enfrentar grandes desafios e se adaptar a uma nova e divertida era.

Curiosidade: É a primeira animação da DreamWorks a ser distribuída pela 20th Century Fox. Todos os filmes anteriores da empresa foram lançados pela Paramount Pictures, com quem o contrato foi encerrado ao término de 2012.
O diretor e roteirista Chris Sanders dubla o personagem Braço, o bichinho de estimação de Guy.





Todo mundo que me conhece sabe que eu adoro um filme infantil, porque eles são inocentes, tem músicas fofas e porque alguns deles fazem você acreditar que é possível conseguir um príncipe encantado... Foi por esse motivo que fui ver Os Croods e devo dizer que me apaixonei pela animação!

A estória é bem simples, típica de um filme infantil e ao mesmo tempo conseguiu ser tocante e me fazer chorar (novidade). Uma coisa que gostei foi que num primeiro momento você pensa que a personagem principal da estória é a Eep, filha mais velha da família Crood, mas conforme o filme se desenvolve o foco da trama passa para o pai Grug e o fato dele aceitar ou não mudanças. Isso dá uma dinâmica ao filme, pois começa com um assunto que por si só evolui para outro sendo que ambos estavam conectados.

Piadas engraçadíssimas, se eu bem lembro por parte da personagem Grug sendo a maioria em relação à mãe de sua mulher, e outras em relação à evolução dos animais dessa época garante o divertimento. O que eu mais gostei do filme todo foi o fato de tartarugas marinhas voarem e as baleias andarem, sendo que piranhas eram pássaros carnívoros!


A trilha sonora também ganha muitos pontos, principalmente com a musica do final que é uma graça. Além disso, o elenco conta com grandes nomes, como Nicholas Cage, Ryan Reynolds e Emma Stone o que valeria a pena se eu tivesse visto em inglês, pois não é todo dia que se vê um ator como Nicholas Cage fazendo voz de homem das cavernas... Uma pena que o 3D de filmes infantis é dublado, pois alguns desses filmes vêm com atores fantásticos dublando. Outra coisa que adorei foi a personagem Eep não ser lá das mais bonitas e mesmo assim conquistar o galã do filme, Guy, o que me faz ter esperança pro futuro...

Os Croods é uma fofura do início ao fim, com desenhos lindos e boas risadas é um filme que eu recomendo mas só praqueles que como eu adoram um filme infantil, pois se esse não for o caso acho que quem for ver vai se cansar rápido da história e não vai nem ligar para as musicas...







© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por