COLUNA RAFFA FUSTAGNO -RESENHA DE "FEIOS"

26 abril 2012

Título original: Uglies
Título no Brasil : Feios
Autor: Scott Westerfeld
Editora : Galera Record
Número de páginas: 415
ISBN: 978-85-01-08370-8









Lógico que Scott Westerfeld quando criou essa história não precisou procurar muito, ele certamente olhou para o mundo que nos cerca mas criou um mundo mais severo...onde ser feio é crime. Bem, você pode nascer feio, é direito de todos, mas obrigatoriamente quando completar 16 anos o governo lhe tira de Vila Feia e lhe banca uma cirurgia onde até sua pele será trocada. Seria como eu ter nascido eu...e com 16 virar a Gisele Bundchen.
É nesse mundo e prestes a completar a tal idade  que conhecemos a protagonista Tally Youngblood também carinhosamente apelidada de " Vesguinha". Tally mora no dormitório de Vila Feia com outros feiosos, assim, sem seus pais que já moram em Nova Perfeição pois foram transformados anos atrás e agora sem seu melhor amigo Peris, que por ser algumas semanas mais velho que ela, ganhou a tal transformação antes.
Agora imaginem um local onde ser feio é crime?Você não tem escolha, você tem que fazer a cirurgia e ser Perfeito.
O leitor não sabe o que sentir no cenário, eu imaginei o tempo todo que se fosse comigo de que adiantaria brigar? Eu ia aceitar meu destino e pronto, afinal , seria o normal que eu conheceria.
Mas Tally que até então também não via problema nenhum em seu destino conhece Shay, uma amiga rebelde que não vê a menor graça de ficar Perfeita, ela quer sim, viver o resto da vida em Fumaça, um lugar onde os Feios que não aceitaram seu destino são foragidos e se escondem.
Tally acha que ela é doida e nem se mete na vida da amiga que foge para não ter que fazer a cirurgia.
O que ela não esperava é que Os Especiais como são chamados quem trabalha para o governo atrás desses rebeldes , os "Enfumaçados", lhe propõem que ou ela os ajuda a encontrar esse local para onde Shay foi ou ela ficará feiosa para sempre.


Pobre Tally que sofre com não saber se trai a amiga ou se descumpre a promessa mas salva sua própria pele.
O que acontece em seguida é pura emoção no mundo dos enfumaçados, onde Tally conhece David e lógico se apaixona, mas o mistério envolvendo toda a verdade desse mundo que ela vive é bem medonho e ela vai indagar se quer mesmo virar uma Perfeita ou se o correto é ela continuar feia.
Livro muito bom com um tema que não sai de moda, nossa fixação pela perfeição, a constante insatisfação com nosso corpo.
E a pergunta que não quer calar, quem mesmo define o que é perfeito? Já que temos padrões de beleza diferentes nas culturas e até mesmo de uma pessoa para outra? Scott é maravilhoso e nos faz pedir a continuação.
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por