Resenha: Cidade de Vidro

29 novembro 2011

Há três semanas atrás, eu estava pensando…o que vou ler? ... Rsrsrs Não, o problema não é ausência de livros mas sim um festival deles na minha estante rsrsrs . Mas foi então que passando pelos sites das queridas parceiras do LMT , vi que tinha um livro que eu precisava muito ler.
Pedi para Vivi e ela me enviou ...
Primeiro tenho que dizer que essa é uma das séries mais queridas por mim, Cassandra Clare, cativou seu lugar no meu coração sua genialidade e riqueza de detalhes sem ser maçante, fazem nós mundanos acreditarmos que as Cidades de Ossos, Cinza e Vidro estão aqui mais próximas do que nunca.
Esta resenha é do terceiro livro, Cidade de Vidro da série Os Instrumentos Mortais.
Se você ainda não leu os dois anteriores clique abaixo para ver as resenhas e comentem ;)
RESENHA CIDADE DOS OSSSO CIDADE DOS OSSOS cidade das cinzasRESENHA CIDADE DAS CINZAS
 
 
 
  Cidade de Vidro
glass-br.indd cidade de vidro
  Sinopse
Fenômeno editorial, Cassandra Clare começou a carreira de escritora postando histórias em sites de fanfiction. Para quem não conhece, um estilo literário em que fãs usam personagens já existentes para criarem suas próprias narrativas. Reza a lenda que alguns famosos roteiristas de TV chegam a utilizar o artifício para testarem a popularidade de algumas idéias antes de as colocarem em prática.
Após acompanhar as aventuras de Harry Potter e da turma de O senhor dos anéis, Cassandra decidiu dar asas à própria imaginação e criar seus heróis. O resultado tomou de assalto as listas de mais vendidos do New York Times. Sua trilogia Instrumentos mortais vendeu milhares de exemplares e ganha, em breve, versão cinematográfica pela Sony, sob direção de Scott Charles Stewart. O mesmo do cult Sin City. Mais: inspirou quatro mil histórias no Fanfiction.net, meca do gênero.
O sucesso foi tanto, assim como a loucura dos fãs em torno da série — há jóias, t-shirts, etc inspirada nos personagens —, que Cassandra teve que escrever uma prequel, uma espécie de livro zero da trama, e esta chegou ao topo da lista do New York Times! No Brasil, os dois primeiros livros da trilogia, Cidade dos ossos e Cidade de cinzas, somam praticamente 40 mil exemplares vendidos. Número de fôlego para o mercado nacional... e que não para de crescer.
Em Cidade de vidro , último volume da trilogia, a já conhecida heroína Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, para salvar a vida de sua mãe, em um coma mágico induzido pelo terrível Valentim. Um homem que quer purificar o mundo de toda criatura que não seja 100% humana ou 100% nephilim. Um detalhe: entrar em Alicante sem permissão é contra a lei e pode significar a morte. Mas nenhuma regra irá afastar Clary de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la.
 
  Fonte: http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=25849
 
Resenha do LMT
 
Cidade de Vidro começa com a recuperação de todos depois da luta tensa e intensa contra Valentim em Cidade das Cinzas. Clary está cheia de esperança com a informação que conseguiu sobre um antídoto que pode curar sua mãe, e o nome do feiticeiro que tem que encontrar Ragnor Fell. Só que para isso, ela vai precisar ir para Idris, e se tem alguma coisa que Jace quer além de ficar longe de sua irmã é que ela nunca ponha os pés em Alicante na Cidade de Vidro lar de origem dos Caçadores de Sombra.
Devido aos grandes acontecimento os Lightwoods se organizam para encontra com a Clave e contar os objetivos pra lá de maléficos de Valentim, vai ser um desafio enorme. Valentim está muito mais poderoso invocando os demônios e em busca do terceiro Instrumento Mortal.
Mesmo diante do impasse fica decidido que Clary vai atravessar o portal junto com Jace e os Lightwoods. Mas como conhecemos bem o nosso determinado e apaixonado Jace ele não fica de braços cruzados e impede que Clary vá, e para completar envolve alguém de extrema confiança de Clary nesse boicote, o vampiro Simon.
Como sabemos Clary, está crescendo diante de tantos desafios e seus poderes estão aparecendo cada vez mais, com isso ela se vê obrigada a testa-lós  e cria um portal para chegar em Alicante na Cidade de Vidro.E simmm ela consegue chegar.
Todos estão na Cidade de Vidro, inclusive Simon, que Clary desconhece a ida dele. Tudo começa a partir daqui…
Muita ação… muitas descobertas vou tentar contar mais um pouco rsrs sem spoilers…
Bem sabemos que está tendo a tal reunião com  a Clave só que os Lightwoods estão tendo muita dificuldade de convencer a Clave de que a Torres Demoníacas que são os bloqueios da Cidade de Vidro, possam sucumbir ao poder de Valentim. A prepotência da Clave é implacável e a batalha está muito mais próxima de começar do que eles imaginam.
Quando Clary , consegue encontrar com Jace é em um momento que ela nunca gostaria de vê – ló . Ela decide seguir em frente e conta com a ajuda de um lindo Caçador de Sombras, o Sebastian que mesmo encontrando com Clary naquela situação balança as estruturas do amor de Clare por Jace.( Ai ai.. gentee Emoção Pura!!!) Mais emoção ainda, quando você percebe que Sebastian pode ser a charada da história. (Haja coração!!!!)
Mas é claro que Jace não gosta e não confiam em Sebastian, com isso ele entende que o único jeito de proteger Clary é controlando seus sentimento e se juntar a ela na procura pela cura de sua mãe.Os dois passam por grandes situações e Clary usa a todo momento seus poderes surpreendendo Jace. As descobertas são aterradoras, trazendo os medos de Jace com um intensidade arrasadora para o nosso Caçador preferido. Clary tenta amenizar as coisas, mas não tem muito sucesso. E quando eles estão voltando chegando em Idris … eis que o caos já está instalado.
A guerra começa e você simplesmente se desespera, senti medo, muito medo, perdi o ar e a fala em muitos momentos.Pois como se não bastasse a batalha, em paralelo existem as máscaras que caem diante dos nosso olhos e você não acredita que a Cassandra fez aquilo com a gente e com nossos personagens queridos. (rsrsrs #tenso#)

Meus lindos … não posso falar mais se não vou ser traída pelas minhas emoções o que posso dizer é que sem dúvida Cidade de Vidro foi uma das três melhores leituras que fiz neste ano! É surpreendente a inteligência com que Cassandra criou a mitologia da série Instrumentos Mortais. Quem não leu.. precisa ler e se deliciar com tamanha criatividade.
Cidade de Vidro lava a nossa alma com 99,9% das nossas respostas respondidas… rsrs mas como Cassandra é Cassandra  ela não resiste e deixa um mega gancho para os próximos três livros.
Ficaram curiosos?!? Corram para ler;)

Bjks
;)
Fê Figueiredo




















© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por