COLUNA RAFFA FUSTAGNO - ANÁLISE DO FILME AMOR E INOCÊNCIA

17 agosto 2011

Título no Brasil : " Amor e inocência"
Título original: Becoming Jane
Formato : DVD
Ano de lançamento: 2008
Distribuidora : Focus
Elenco : Anne Hathaway, Maggie Smith, James Macavoy, Julie Walters
Duração : 121 minutos
Classificação etária: 12 anos






Primeiramente devo confessar que nem sabia que esse filme existia, até um belo dia conversar com uma amiga do trabalho e ela me dizer que tinha visto um filme lindo sobre  a vida da escritora Jane Austen e que estava vendendo baratinho nas Lojas Americanas...Corri para comprar na hora do almoço e assisti no mesmo dia.
"Amor e inocência" é baseado na vida escritora britânica Jane Austen, autora de como vocês já sabem clássicos da literatura como "Orgulho e preconceito" e " Mansfield Park".
O casal
Já gostei só de pegar a capa do filme e ver que era com a atriz que amo de paixão Anne Hathaway ( que sinceramente acho que dispensa apresentações  mas vamos lá, ela fez a Mia de "O diário da princesa", fez também " O diabo veste Prada"), a história de Jane é muito parecida com as protagonistas de seus livros. De família não muito rica, com muitas irmãs, ela não sonha se casar com qualquer um que apareça como todas as moçoilas da época. Ela quer e acha que pode viver um amor mesmo não tendo o tal dote para ser dado ( seu pai é um reverendo que está falido) e sua mãe é um ser egoísta que nem pensa se a filha está feliz, quer saber somente que elas casem e melhorem a vida dos pais.
Aparecem cenas de ela escrevendo alguns trechos de clássicos que já conhecemos,  tem os bailes de época onde dançar com alguém era o máximo o tal cortejo era última moda e claro que para completar ( ainda não sei se é verdade) tem a pitada do pedido de casamento do cara mais bacana do mundo mas feio que dói e a negação do mesmo pelo lado feminino da história.
Rimos, nos encantamos e sofremos com Jane nesse filme, é triste sim, chorei no final e quis tanto que ela ficasse para sempre com o Tom Lefroy que esqueci até que já sabia o final.
A cena da fuga é a que mais gosto, junto com a da festa em que ele declara " I´m yours jane!" lhe dando um beijão que era um escândalo para época!
Tem as interpretações brilhantes de Maggie Smith sendo a tia do rapaz que ama Jane mas Jane ama outro...e só ela já vale os R$ 12,99 que paguei nesse dvd!
Tem a irmã que Jane ama e não aguenta ver sofrendo e que seria capaz de abdicar da própria felicidade para ver a irmã amada feliz...
Tem romance, drama, e vida! Porque qualquer filme que fale dessa grande escritora pode até ficar pequeno perto do gigante talento.
Fica a dica: assista os extras, são muito bons, tem cenas deletadas e um pouco mais da vida sofrida mas vivida de Jane Austen que como todos sabem morreu muito jovem , o filme não mostra a morte da escritora, ainda bem porque já terminei de ver com as lágrimas escorrendo.
Anne como Jane no filme
                                                                      Bjos Raffa Fustagno














© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por