COLUNA DA RAFFA FUSTAGNO - MEU ENCONTRO COM AUTOR: MANOEL CARLOS

19 agosto 2011

Manoel Carlos no CCBB
Não curto novelas, raramente assisto a um capítulo, somente quando minha mãe está vendo e eu estou ao lado dela...mas existe um escritor no qual sou apaixonada , o qual lembro exatamente quando ele me emocionou pela primeira vez...eu tinha 11 anos quando a novela Felicidade passou na Tv Globo, eu gostava de tudo...da trilha sonora, da história das crianças...e foi a partir dessa novela que me encantei com Manoel Carlos. Desde então tudo que ele escreve eu leio, ele tem uma coluna na revista Veja Rio e eu acompanho sempre, quando é novela dele compro  a trilha sonora e curto demais as histórias polêmicas que ele cria! Foi com muito entusiasmo que vi no jornal que ele faria uma bate-papo no "Eu vejo novela" no Centro Cultural Banco do Brasil aqui no Rio de Janeiro no dia 17 de setembro de 2008.
Não pensei duas vezes..a distribuição de senhas começava as 16 h, era exatamente a hora que eu saia do trabalho há muitos quarteirões dali...pedi ao meu namorado que saísse mais cedo do trabalho ( santo homem!rs) e ficasse na fila comigo...fomos...eu corria tanto com o livro dele de Crônicas debaixo do braço que quase fui atropelada...chegando lá quase sem conseguir falar perguntei aonde tinha que pegar a senha... me apontaram para uma imensa fila...fiquei aguardando minha vez e o segurança gritou : " São somente 200 lugares" quando chegar a esse número não tem mais como entrar...contei...eu era a 124!!! Eba!!! Ia ter senha para mim e para meu namorado! Peguei as senhas e subi de escada mesmo igual uma louca...sei que o elevador de lá é mais velho que meu taratavó e lerdo...aproveitei e corri muito...consegui sentar na primeira fileira no canto esquerdo...eu mal consegui pensar...eu só esperava aquele povo todo sentar e aguardava ele entrar...lembro quando a apresentadora disse :" Com muito orgulho trago para vocês Manoel Carlos" ! Uma parte de mim soltava fogos e fazia "Ola" e ele veio de muleta, bem devagar, sendo auxiliado a subir ao palco e eu só invejei todos que encostavam nele...gente, entendam...para mim ele é mito! Ele que me fez chorar com tantas Helenas, que me fez aguentar Carolina Dieckman roubando o namorado da mãe em Laços de Família, que me fez amar a personagem de Gabriela Duarte mesmo quando todos a odiavam...que matou tantos personagens sem me perguntar se podia...que fez eu ter mais raiva ainda das pessoa que traem...estava ali na minha frente!
Ele respondeu a muitas perguntas das pessoas presentes, foi de uma imensa simpatia..quando terminou seguranças falaram que não podíamos nos aproximar e eu acho que fiz cara de gatinho do Shrek e ele disse : " Deixa a moça passar" Fofo!!! Amo demais ele! Não pude subir no palco  mas enquanto ele autografava meu livro pedi para meu namorado bater minha foto com ele que vocês conferem abaixo, repito: ele estava em um palco sentadinho e eu não podia subir né...
Bem..valeu cada minuto...a foto está aqui no meu mural ! Foi a primeira vez que o vi de perto mesmo todo mundo dizendo que é super fácil encontrá-lo no Leblon bairro onde mora e eu moro a dois bairros de diferença...a segunda vez que o encontrei não pude tirar fotos com ele...era no teatro Municipal em outubro do ano passado enquanto assistíamos ao maravilhoso Mikail Baryshnikov! Logicamente que me contive ....mas hora olhava para ele que estava no camarote , hora para o bailarino! rs


Minha tão esperada foto com Manoel Carlos
O autógrafo dele em meu livro "Arte de reviver" tão fofo que me agradeceu pela presença!
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por