Livros minha Terapia na Escola - Escola Municipal Pereira Passos

04 junho 2011

    Estou muito feliz em fazer esse post, pois se trata de um sonho começando a se tornar Realidade. No dia 25 de maio de 2011 uma quarta- feira, eu fiz o primeiro Livros minha Terapia na Escola, na Escola Municipal Pereira Passos.
Objetivo 
A visita nas escolas tem como finalidade o incentivo à leitura extracurricular, ou seja, mostrar para esses pequenos jovens que existe um universo de livros e gêneros, e que eles podem procurar a leitura que combina com eles, com seus gostos e o melhor, não vão ter prova no final. rsrsrs
Brincadeiras a parte essa questão é muito séria, pois muitos jovens perdem a oportunidade de ler um bom livro por achar que só existem os livros que são dados na escola para eles fazerem um trabalho, um resumo ou uma prova e eu achei e acho que é minha obrigação de mostrar que um dia também pensei assim, mas que tive a grande sorte de reverte esse quadro mesmo que tardiamente e se eu tivesse tido a oportunidade que eles estão tendo agora, de ter alguém mostrando esse universo teria sido muito mais feliz com as experiências, descobertas, aprendizado e emoções que os livros proporcionam.
O Encontro
Enfim... Fiquei muito nervosa, mas a professora Lucia Lyrio, Bacharel em Português/Literatura quem me convidou e me apoia nesse projeto me acalmou e tudo deu super certo.
Inicialmente seriam duas turmas, mas como tinham algumas turmas que estavam saindo mais cedo devido provas, me perguntaram se eu podia fazer mais encontros, e é claro que eu topei, contamos com 100 alunos, das turmas 1802; 1902; 1995 e 8501 com idade entre 13 e 15 anos. A receptividade foi tamanha e muitos ficaram interessados, foi realmente como eu imaginava um mundo novo, um universo de possibilidades abrindo diante deles como se fosse um conto de fadas, não que eu seja a fada madrinha kkk mais foi lindo demais, todos aqueles olhos atentos querendo entender nos detalhes tudo que eu contava e mostrava para eles, um dos temas que apareceram e não me surpreendeu, foram os livros que viraram filmes houve muita troca de idéias e opiniões, muitos ficaram curiosos e surpresos com outros filmes que surgiram de livros. Também foi muito citado a dificuldade em se obter os livros, porém eu pude amenizar essa carência com alguns brindes e melhor ainda falar da Sala de Leitura da Escola Municipal Pereira Passos está sendo organizada, e eu prometi voltar assim que for inaugurada, para que eu possa ver o acervo da Sala e conversa com eles e outras turmas que não puderam participar.


Então gente é isso ... não sei se consegui passar minha emoção, mas fiquei e estou muito emocionada com esse momento vivido e tenho fé em Deus que vão surgir muitos outros, para que assim outras crianças e jovens possam desvendar esse universo maravilho que existe nos livros.


Veja algumas fotos que eu posso divulgar,  temos outras fotos e assim que chegarem as autorizações dos responsáveis dos alunos coloco no Blog. ;)

        

Esses foram os marcadores que a nossa mega parceira Galera Record me enviaram, fiz100 Kit's e todos os alunos ganharam.












Esse é um folder de divulgação da Coleção da Tânia Zagury,filósofa e mestre em Educação.Vários sucessos da Autora foi publicado pelo selo da Record e merece ser conferido, por pais e educadores.





O menino do dedo verde do autor Maurice Druon. com o selo da Editora José Olympo que faz parte do Grupo Editorial Record.
Sinopse
Era uma vez Tistu...Um menino diferente de todo mundo. Com uma vidinha inteiramente sua, o pequeno de olhos azuis e cabelos loiros, deixava impressões digitais que suscitavam o reverdecimento e a alegria. As proezas de seu dedo verde eram originais e um segredo entre ele e o velho jardineiro, Bigode, para quem seu polegar era invisível e seu talento, oculto, um dom do céu. Até o final surpreendente e singelo.
O menino do dedo verde, de Maurice Druon, tornou-se um clássico da literatura para crianças e jovens em todo o mundo e permanece atual há mais de três décadas, sendo adotado em escolas do Ensino Fundamental todos os anos, abordando o tema ecologia.
A versão brasileira, traduzida fábula trata de questões relacionadas com os conceitos de convívio social, ética e cidadania; prefaciada por Dom Marcos Barbosa, passou de dois milhões de exemplares vendidos. “O Pequeno Príncipe pertence à mitologia; O menino do dedo verde está preso às contingências sociológicas do mundo. O primeiro é intemporal, o segundo, filho da era da poluição, da agressividade e do desentendimento. Sua missão é justamente despoluir, humanizar.”  Segundo Dom Marcos Barbosa, Maurice Druon pode ter prestado uma homenagem a um monge, quem sabe um antigo mestre, revivido no velho jardineiro com sua mensagem de paz.









                                                                                               
 Mais Fotos


 

 Abçs
Fernanda Figueiredo
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por