COLUNA DA RAFFA FUSTAGNO - RESENHA DE DEAD UNTIL DARK ( MORTO ATÉ O ANOITECER) DE CHARLAINE HARRIS

19 junho 2011



Capa dos EUA
 Título nos EUA  :  DEAD UNTIL DARK
 Autora : Charlaine Harris
     Editora : ACE
    Ano de lançamento : 2001
    Idioma : Inglês









Capa da edição do Brasil










No Brasil
Título no Brasil : Morto até o anoitecer
Autora : Charlaine Harris
Editora : EDIOURO
Ano de lançamento : 2007
Idioma : português




Fiz o que odeio fazer mas as vezes é inevitável...vi primeiro todas as temporadas para depois ler o livro que originou a série.
Descobri que é bem difícil achar a versão em português nas livrarias já que foi lançada pela Ediouro e só consegui encontrar nas lojas virtuais.
Então aqui aproveito e faço um apelo para a EDIOURO e as livrarias do Brasil todo distribuírem esse livro porque nem todo mundo lê em inglês e esse livro é divino!
Acabei comprando o paperback e lendo em inglês mas só tenho elogios a esse primeiro livro.
Primeiro porque Deus é pai e Tara não existe no livro! Ela é a personagem mais mala do seriado com a mãe mala também só isso já levaria as cinco estrelas do livro mas Charlaine nos dá bem mais.
Ela nos leva para o mundo da garçonete telepata e nos faz imaginar muitas coisas que no seriado são muito mal contadas. Exemplo o ódio que ela sentia do tio avó que abusava dela e o Bill se vinga lindamente.
Bill não tem olhos claros mas é tão fofo no livro quanto na tela.
Amei o jeito que a autora descreve a primeira vez de Sookie com ele com diálogos que oscilam entre o romance e o erotismo mas são fantásticos!
Capa EUA após o seriado

A Paixão dos dois é muito bem selada por diálogos que me deixaram com uma vontade imensa de terminar logo o livro só para saber mais.
Sookie é intensa como o amor tem que ser e Bill é um vampiro que nada tem a perder até conhecê-la.
O sangue sintético inédito nas histórias do gênero sempre achei uma ótima tirada da Sra. Harris. Já pensaram entrar no bar e pedirem : " Me dá um O Positivo?" Como sentamos e pedimos Pepsi e as vezes optamos por um suco de laranja.
Senti falta do Lafayette que faz micro participação nesse primeiro livro.
A melhor amiga de Sookie na falta de Tara é Arlene que no livro também tem filhos, também é mulher do psicopata Rene!
E gente e o que é o Bill voando?? Para tudo ne? Tem defeito esse morto-vivo? Ah..não consigo encontrar não..hahah
Senti falta do Hoyt e estranhei o Eric ter sido o vampiro que mata o traidor que rouba a grana da boate. Afinal amei aquele julgamento aonde tem a Jessica, no livro não há nada disso!
Mas tem a fofa da vó da Sookie, tem o xerife que se mete em tudo, tem o apaixonado Sam, tem muita ação nas cenas do Fangtasia e na casa de Sookie.
Ao contrário do seriado Bill se importa com os amigos dele que moram na casa dele.
Amei o jeito como a Charlaine descreveu que se um vampiro morre sem fazer a barba ele não a terá nunca feita...afinal vamso combinar que mortos não tem porque nascerem cabelos , somente caninos afiados como é o caso de " Dead until dark"
Me deixou com muita vontade de saber mais sobre a história até porque terminou com um " Breve voltaremos a vida normal" e sabemos que em Bon Temps..nada é normal.

PS 1-  Lembrando todo mundo que mora no Rio de Janeiro ou que estiver passando férias aqui na cidade no final de semana do dia 10 de julho que as 15 horas tem encontro de Fãs de True Blood da Livraria Saraiva do  Shopping  Rio Sul com apresentação da Livros Minha Terapia e das Envenenada pela maçã! Vai ter muito brinde, então reserva essa data na agenda e venha se divertir com a gente!!!

PS 2- Agradecendo a todos que estão apoiando o evento : Saraiva, Benvirá, Agir, Ediouro, HBO, Warner, e Revista SCI Fi News !!!!
© LIVROS MINHA TERAPIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por